Assim que seu negócio já estiver estruturado e com alguns clientes, e crescendo, já é mais que hora de pensar em se formalizar. E você já pode pensar em se dedicar integralmente a esse negócio.

Um bom inicio é se tornar um Micro Empreendedor Individual – MEI, a inscrição é simples e você passa a ter CNPJ, o que facilitará a abertura de conta bancária, o pedido de empréstimos e a emissão de notas fiscais.

O MEI é enquadrado no Simples Nacional e é isento dos tributos federais (Imposto de Renda, PIS, Cofins, IPI e CSLL). Você irá efetuar apenas o pagamento mensal de R$ 39,40 (INSS), acrescido de R$ 5,00 (para prestadores de serviço) ou R$ 1,00 (para comércio e indústria), pagos por uma guia de recolhimento emitida através do Portal do Empreendedor.

Assim para o seu negócio de brigadeiro o valor será de R$ 40,40 mensais.  Assim garantindo os benefícios previdenciários, como auxílio-maternidade, aposentadoria, entre outros.

E como falo sempre, você tem um negócio! Por mais que se inicie como renda extra, esta será sua renda principal considere já como segundo emprego.
Então Profissionalize-se!

Lembrando que o MEI pode ter um faturamento máximo de 60 mil em um ano, após esse valor é necessário a ajuda de um contator para auxiliar no crescimento da empresa. O que é um bom sinal, não?!

Assim seus direitos estão garantidos, além de poder contratar um funcionário registrado para te ajudar com seu negócio!

Para um passo a passo para a inscrição procure o Sebrae.

Boas vendas!

 

Ainda não iniciou o seu negócio Clique Aqui, e descubra tudo o que precisa para iniciar o seu negócio!